Budo, o caminho do guerreiro

Paulo Lima e Miguel na orla de Salvador – Bahia.

As armas de fogo foram introduzidas no Japão em 1543 e por conta disso as artes marciais tiveram que passar por um processo de re-significação. O que outrora se destinava a vencer o inimigo externo passou a ser utilizado para vencer o inimigo interno.

A partir dai as artes marciais foram atreladas a um conceito de nome Budo, que traduzido significa Caminho do Guerreiro. O Budo está fundamentado no taoismo e no budismo e serve como exercício de auto-análise, cuja finalidade é verificar a validade da disciplina cultivada no tatame.

Através do Budo os princípios de cada arte marcial passam a ser interiorizados pelos seus praticantes. E desta maneira o aperfeiçoamento da habilidade de luta, torna-se também um meio de desenvolvimento pessoal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s